Matizes Escondidos

16/05/2009

Você é mais esperto que o seu cachorro?

Do Marginal Revolution, via Geek Press:

The forward march of science continues:

Considering the similarity of its ingredients, canned dog food could be a suitable and inexpensive substitute for pâté or processed blended meat products such as Spam or liverwurst. However, the social stigma associated with the human consumption of pet food makes an unbiased comparison challenging. To prevent bias, Newman's Own dog food was prepared with a food processor to have the texture and appearance of a liver mousse. In a double-blind test, subjects were presented with five unlabeled blended meat products, one of which was the prepared dog food. After ranking the samples on the basis of taste, subjects were challenged to identify which of the five was dog food. Although 72% of subjects ranked the dog food as the worst of the five samples in terms of taste (Newell and MacFarlane multiple comparison, P<0.05), subjects were not better than random at correctly identifying the dog food.

Imediatamente eu lembrei da história de Viktor Belenko, um desertor soviético que fugiu com seu MiG para o Japão em 1976 e depois foi para os EUA. Nesta entrevista de 1996, Belenko diz:

I would buy, everyday, a new thing and try to figure out its function. In Russia at that time (and even today) it's hard to find canned food, good one. But everyday I would buy new cans with different food. Once I bought a can which said "dinner." I cooked it with potatoes, onions, and garlic-it was delicious. Next morning my friends ask me, "Viktor, did you buy a cat?" It was a can of chicken-based cat food. But it was delicious! It was better than canned food for people in Russia today. And I did test it. Last year I brought four people from Russia for commercial project, and I set them up. I bought nibble sized human food. I installed a pâté, and it was cat food. I put it on crackers. And they did consume it, and they liked it. So the taste has not changed. By the way, for those who are not familiar with American cat food. It's very safe; it's delicious, and sometimes it's better than human food, because of the Humane Society.


Escrito por Philipe às 19h55
[] [envie esta mensagem] []



Achei uma placa de vídeo no lixo

Dicas aleatórias:

1 - Evite comprar computadores "de marca". Especialmente Positivo e Dell (aqui e aqui). Acredite, computadores de marca geralmente significam um produto pior, com menos suporte (sério) e bem mais caro (especialmente no caso da Dell). Se você tem um técnico amigo, peça a ele uma recomendação de loja confiável, bem como de uma configuração adequada. Uma boa pesquisa na Internet também serve. O ideal é montar uma configuração e pedir para que a loja a monte. Claro, isso pode dar um pouco de trabalho. Mas como diz Tim Harford, o importante é pesquisar e observar. Se você não pode se dispor a isso, você não precisa realmente de economizar dinheiro.

2 - Para mim, todos os shampoos do mundo são iguais, independentemente de embalagem bonita, nome em francês, ser importado da França, ser caro, etc. Todos, menos os da linha Neutrogena. Não sei o motivo, mas eles são praticamente mágicos. Cabelos leves, limpos, lindos, cheirosos e brilhantes. Sim, eles são um pouco caros. Mas experimente um dia desses. Deixe no seu armário para ocasiões especiais. O anti-resíduos pode ser usado uma ou duas vezes por semana e é o mais barato.

3 - Dizem que é impossível achar dinheiro na rua. Ora, se o dinheiro realmente estivesse ali, alguém já o teria achado. Acredito que essa é uma hipótese razoável, mas que não é infalível.

Outro dia, no lixo do andar do meu prédio eu vi uma caixa de papelão cheia de "lixo tecnológico": fonte de alimentação de computador queimada, fios arrebentados, manuais etc. E no meio da bagunça, uma placa de vídeo para computador. Naturalmente, ela deveria estar estragada. Afinal, se não, ninguém a jogaria fora.

O fato é que eu a peguei e discretamente carreguei comigo (afinal, estava no lixo). Dei uma boa olhada nela: aparentemente nenhum circuito queimado, nenhum capacitor estufado (um defeito comum), bom aspecto geral, etc.

Era uma placa AGP, série Geforce 5, ou seja, não muito nova, com cooler (ventilador) e saída para TV.

Minha casa no interior tem um computador com entrada AGP e com vídeo onboard. Ou seja, se a placa funcionasse, mesmo sendo antiga, ela já seria um avanço em relação ao o que eu tinha.

Trouxe a placa, abri o computador, a instalei e liguei o monitor.

Tensão. Estaria a placa funcionando? Queimaria ela meu computador?

Impressionantemente, a placa estava funcionando. Meu monitor acendeu direitinho e o sistema operacional carregou sem problemas. De primeira.

O problema é que o cooler não estava rodando. Com 20 minutos de uso a placa já estava bem quente. Placa quente significa travamentos aleatórios e outros problemas de estabilidade. Estaria aí a razão da plaquinha ter sido destinada para o lixo?

O fato é que peguei a placa, desmontei o cooler, tirei o pó e coloquei óleo no mecanismo da hélice. Mesmo assim, não havia garantia que o cooler iria funcionar. Sinceramente, eu tinha certeza que ele não iria rodar.

Novamente, surpresa. O ventiladorzinho funcionou naturalmente.

Ou seja, achei um placa de vídeo, que vale uns bons R$100, no lixo do meu prédio. Estou com ela funcionando neste momento.

Meu conselho: fique sempre de olho no lixo para ver se algum mané jogou algo útil fora  - embora seja raro às vezes se acha R$100 por aí. Não necessariamente em forma de nota.


Escrito por Philipe às 11h47
[] [envie esta mensagem] []



Photoshop Fail

Embora este blog não tenha exatamente um tema, esse post é bem off-topic.

Essa foto é da Suzana Vieira em trajes de banho, originalmente aqui.

Suzana Vieira na praia

E essa é Suzana Vieira na capa da revista Quem!. Foto retirada retirada daqui, um blog da Editora Abril, rival da Editora Globo, que edita a Quem!.

Suzana Vieira com Photoshop

Você nota alguma diferença?

Mas este não é um blog de fofoca. O que motivou o post foi o nome da imagem da Suzana retocada no blog da Abril:

Photoshop fail 

Photoshop Fail? Hahahahaha!


Escrito por Philipe às 10h05
[] [envie esta mensagem] []


14/05/2009

Maria Assassino

Da Home Page do UOL de hoje:

Em júri, namorada diz que acusado de esquartejar inglesa tem problemas, mas quer mudar.

Ao que eu digo: tem problemas? Sério? Jura?

---

É impressionante, mas é um fenômeno documentado: acusados de crimes bárbaros costumam receber grande número de cartas e outras demonstrações de mulheres sem antecedentes criminais, que desejam relacionar-se com o criminoso. Sim, existe o fenômeno da "Maria Assassino".

Incrível, não?


Escrito por Philipe às 18h06
[] [envie esta mensagem] []


13/05/2009

É extremamente proibido proibir

Do Manual de Redação Parlamentar da Assembléia Legislativa de Minas Gerais:

O uso de palavras ou expressões que querem dar ênfase a uma obrigação – como necessariamente, impreterivelmente ou obrigatoriamente – pode ter um efeito indesejado: ao reforçar o sentido de obrigatoriedade de um comando, enfraquece o de outro comando que não se exprimiu no mesmo tom enfático.

Foi disso que eu lembrei ao ver isto aqui em uma lanchonete:

 - Foto por Áurea.

Por favor, não banalizem o proibido!

- Ei, você não pode entrar aqui. É proibido.

-Mas não é extremamente proibido, é?

Para quem quiser ler o manual de redação da Assembléia (Muçarela, estou olhando para você), ele está disponível aqui.


Escrito por Philipe às 22h21
[] [envie esta mensagem] []



Wuthering Heights - Kate Bush

Apesar da aparência feérica (e por vezes, engraçada, admito) do clipe de Wuthering Heights, ela está no #2 na minha lista de músicas mais tristes de todos os tempos - não em pouca medida, pelo seguinte trecho (2:25):

Ooh! Let me have it. 
Let me grab your soul away. 
Ooh! Let me have it. 
Let me grab your soul away. 
You know it's me--Cathy!

A versão do Angra não tem a mesma melancolia, especialmente no trecho acima.

 


Escrito por Philipe às 18h28
[] [envie esta mensagem] []


12/05/2009

Dangremon

Há algum tempo eu assisti a um vídeo, muito inusitado, num programa de curtas. O nome do filme era "Gangrenou, Amputou". Eu lembrava que ele havia sido coletado da internet por um grupo chamado Coletivo-não-sei-o-quê.

Daí que um outro dia eu queria procurá-lo na Internet. Eu digitei o nome do filme no Google, junto do termo "Coletivo".

Acho que digitei o "Gangrenou" errado, porque o Google retornou um você quis dizer: dangremon.

Dangremon! Isso é nome de Pokemon! Na verdade, é um sobrenome de família, como eu aprendi depois. 

Deve ser da família do Pikachu.

Só de curiosidade, fiz o que o Google sugeriu e procurei por "Dangremon Amputou Coletivo". O buscador me retornou uma página, o que eu não acho pouco, dada a natureza da pesquisa. Gostaria de saber a cara do dono do site quando ele ver que "Dangremon Amputou Coletivo" originou uma visita ao site...

Bom, eis o vídeo da discórdia:

 


Escrito por Philipe às 21h51
[] [envie esta mensagem] []


11/05/2009

Vídeos virais: um compêndio

Esta matéria oferece uma espécie de introdução aos 'memes' (na verdade, vídeos virais) da internet. Caso você não queira ler a reportagens, você encontra listas muito interessantes aqui, aqui e aqui.

 

(PS: o vídeo é legal mas não muito a ver com o post... ;))


Escrito por Philipe às 20h59
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    A garota 100% perfeita
  Tudo o que você sempre quis saber sobre a multa nos sushis que sobraram no rodízio... mas não tinha coragem de perguntar ao amigo economista
  E-book dos ditados populares
  Dilbert Blog (Scott Adams)
  Geek Press
  A Softer World
  Blog do Mankiw
  Publicidade Positiva
  De Gustibus Non Est Disputandum
  Temas em Economia
  xkcd
  Cracked
  Demography Matters
  Homo Econometricum
  Suspensão de Juízo
  Quatroventos
  phCastro
  Muçarela
  Todos os Links - Matizes Escondidos


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog