Matizes Escondidos

26/01/2008

Convergência? Há divergências.

Como dito no último post, o The World Factbook 2008 já foi lançado. Como a estimativa do PIB da China foi grandemente reduzida, e como a economia chinesa é grande em relação ao todo, temos que o valor da renda per capita do mundo não se alterou de 2006 para 2007, mesmo com todo o crescimento econômico apurado para os demais países.

A boa notícia é que, como o PIB brasileiro cresceu um bocado ano passado (4,9%, de acordo com o Factbook), o PIB per capita do Brasil está convergindo com o valor do PIB per capita mundial. Sim, com um pouco de sorte este ano (crescer mais que a média mundial), a renda per capita do Brasil poderá se tornar superior à média mundial.

Lembrando que, apesar de todo o crescimento nos últimos anos, o mundo ainda tem muita gente pobre, o Brasil só agora estar convergindo com o PIB per capita mundial mostra que ainda há muito o que fazer...

Os dados para 2006 mostram o Brasil bem atrás do mundo em PIB per capita...

Já em 2007 notamos uma grande convergência, causada, em boa parte, pela redução do valor estimado do PIB chinês.


Eu já sabia que o Brasil era mais pobre que o mundo, na média, desde quando fiz esses gráficos aqui, mas ainda me surpreendo. Mais sobre o tema "Acorda, Brasil" aqui e aqui.


Escrito por Philipe às 22h00
[] [envie esta mensagem] []



O crescimento da China, de 2006 para 2007 foi de -29%. Ou é o que algum jornalista (ruim) vai dizer, em algum lugar...

Não sei se o eventual leitor está acompanhando, mas, o Banco Mundial revisou suas estimativas a respeito do tamanho (PIB) das economias de diversos países. Entre as revisões, a que mais chamou a atenção foi a da economia chinesa. Ocorre que os dados de que o Banco dispunha eram poucos (hoje em dia ainda são poucos, mas menos poucos) e muito antigos. Depois da revisão, o Banco reduziu bastante a sua estimativa de tamanho da economia chinesa. Confira o informe oficial aqui e um pouco da repercussão aqui.

Daí que eu estava esperando o almanaque The World Factbook 2008 ser lançado, para ver se ele já trazia os dados atualizados de acordo com a revisão do Banco Mundial. E sim, ele já está atualizado. Ah, o World Factbook... Quebra muito o galho na hora de buscar certas estatísticas, não é à toa que 9 entre 10 (bons) jornalistas o usam. Já os maus, bom, os maus fazem estas coisas aqui.

Imagem (editada) do Factbook 2007...

Imagem (editada) do Factbook 2008, já atualizada...


Escrito por Philipe às 21h33
[] [envie esta mensagem] []


25/01/2008

Troco blog por pacote de biscoito Maria. Volto a diferença

Desisti de largar a faculdade e ficar por conta do blog. A razão?

De acordo com http://www.business-opportunities.biz/:

Your blog, www.gregmankiw.blogspot.com/, is worth $1,013,349.30
Your blog, www.econometricum.blogspot.com/, is worth $5,080.86
Your blog, www.quatroventos.wordpress.com, is worth $2,822.70
Your blog, www.temaseconomia.blogspot.com/, is worth $2,258.16
Your blog, www.publicidade-positiva.blogspot.com/, is worth $1,129.08
Your blog, www.suspensaodejuizo.wordpress.com/, is worth $1,129.08
Your blog, www.matizes.escondidos.zip.net, is worth $0.00

Acho que é melhor continuar estudando, de olho em um emprego honesto, de oito horas por dia, com remuneração pequena, mas certa...


Escrito por Philipe às 20h09
[] [envie esta mensagem] []



Loteria, monopólio estatal

Hoje eu não ganhei 15 mil reais na raspadinha. Pois é, me deram umas raspadinhas para raspar, mas eu não ganhei 15 mil reais.

Pensando no dinheiro que a pessoa que me comprou a raspadinha perdeu, eu fiz as contas de quanto, estatisticamente falando, você perde ao comprar uma raspadinha.

A série que eu tenho em mãos tem os seguintes prêmios:

60 de R$15.000 = R$ 900.000
1.600 de R$100 = R$ 160.000
7.000 de R$10 =   R$ 70.000
26.336 de R$2 =   R$ 52.672
1.500.000 * R$1= R$ 1.500.000
3.300.000 * R$0,50 = R$1.650.000

O total do dinheiro distribuído nessa série é de R$ 4.332.672, Sílvio!

Se dividirmos R$ 4.332.672 por 24 milhões (que é o número de raspadinhas da série), temos que o ganho  esperado por unidade é de R$0,18, aproximadamente. Como cada raspadinha custa R$0,50, podemos dizer que, a cada raspadinha que você compra, você está, estatísticamente falando, 32 centavos mais pobres.

Assim, quando aquele seu vizinho de quem você não gosta ganhar 15 mil reais e vier se gabar do novo computador que ele comprou, pense baixinho: "estatisticamente, você ficou 32 centavos mais pobre, trouxa". Espere a felicidade desse seu pensamentozinho nerd-mesquinho passar (deve durar uns 32 milisegundos) e pode voltar a ficar verde de inveja.

Leprechauns são verdes, mas não de inveja: eles já tem bastante ouro, que vale MAIS do que dinheiro, Sílvio! 


Escrito por Philipe às 19h59
[] [envie esta mensagem] []


23/01/2008

Bandit na linha

Um dia desses eu estava cortando o cabelo (em uma barbearia, claro) quando eu escutei uma voz na TV (que fica sempre ligada por lá). Imediatamente eu identifiquei que era a voz da Fernanda Takai, vocalista do Pato Fu. À medida que a propaganda se desenrolava (e eu só escutando), eu descobri que era uma campanha divulgando o telefone 181, do disk-denúncia.

A certa hora da propaganda, ela diz algo do gênero:

- O que importa é o que você diz, não quem você é. Tanto que você nem percebeu que era eu.

Nessa hora (descobri depois de ver a propaganda em casa) a luz no cenário acende.

Opa, opa, opa. Eu tinha percebido quem era, sim! Nas primeiras palavras dela, eu já sabia quem era.

A mesma coisa com uma outra peça da mesma campanha. Alguém começa falando, com o cenário todo escuro. Já nas primeiras palavras eu acreditava ser o Rogério Flausino do Jota Quest. Quando as luzes se acendem, aparece o Wilson Sideral (ou seja, 95% de Rogério Flausino), que diz triunfantemente:

- O que importa é o que você diz, não quem você é. Tanto que você nem percebeu que era eu.

Sei. Eu já sabia. Bom, 95% eu já sabia.

Eu acho que essa campanha faz um desserviço ao disk-denúncia. Assim como eu, muitas pessoas identificaram as personalidades escondidas nas peças mesmo antes da luzes se acenderem, o que contradiz o cerne da campanha, a impossibilidade de se identificar alguém pela voz.

Claro que ninguém vai conseguir identificar a minha ou a sua voz ligando para um telefone desses, afinal não somos celebridades. Mas acredito que a peça publicitária enfraquece o ponto que a campanha quer enfatizar. Não deixa de ser um desserviço.

Bandit = Bandido. 181, Jota Quest, Retro, Bandido, etc


Escrito por Philipe às 21h38
[] [envie esta mensagem] []


22/01/2008

www.eusouumvirus.exe.ru

Como fazer seu vírus/bot/worm perder um bocado de credibilidade: exagere nas frases esquisitas e nos erros de português. "Se prepare para sorrir muito..." 

Mal feitos, já pegam muita gente, imagino se fossem mais bem trabalhados. Ah, a engenharia social...

 


Na foto acima, está escrito emgrasado. Essa grafia me lembrou do personagem Grease, do desenho Biker Mice from Mars (era bom, aliás).

Procurando essa foto aí em cima, topei com a do vilão-mor do desenho, o malvado Limburger.

Que, aliás, me lembra o falecido secretário-geral Brezhnev... Skavurska!


Escrito por Philipe às 22h32
[] [envie esta mensagem] []


21/01/2008

Nerd-o-rama

Cara, isso é que é ser nerd (e ter a manha, claro)!

Uns camaradas aí fizeram uma versão em texto do Filme Guerra Nas Estrelas: Uma Nova Esperança, e está disponível para todos, via telnet...

Como acessar:

Iniciar => Executar, digite Telnet

[Enter] Digite: o [Enter]

Digite: towel.blinkenlights.nl [Enter]

E é só curtir. Impressionante!

Via Clube do Hardware.


Escrito por Philipe às 19h08
[] [envie esta mensagem] []


20/01/2008

Lênin achava que o socialismo iria prosperar na Alemanha. Ele teve uma chance.

Outro dia (aqui) eu escrevi sobre como as regiões da Alemanha que compunham a Alemanha Comunista (a República Democrática Alemã) apresentam, atualmente, apresentam indicadores piores de satisfação com a vida do que aquelas partes que, depois da guerra, formaram a República Federal da Alemanha (capitalista).

Pois é... Em um desses dias eu assisti ao filme "A vida dos Outros", que é ambientado na Alemanha Oriental. O filme é fantástico, muito bom para abrir os olhos de quem ainda tem ilusões a respeito do que é viver em um regime totalitário, socialista ou não...

Um dia eu ainda leio Stasiland, de Anna Funder, que trata da espionagem na RDA. Um dia...


Escrito por Philipe às 22h08
[] [envie esta mensagem] []



Boas novas

Mais um jornal publicou matéria tratando do e-book dos ditados populares, do qual eu tive o prazer de participar. Foi o Gazeta do Povo, aqui.

Novamente, parabéns a todos os autores, em especial aos professores Claudio Shikida e Adolfo Sachsida.

 


Escrito por Philipe às 21h58
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    A garota 100% perfeita
  Tudo o que você sempre quis saber sobre a multa nos sushis que sobraram no rodízio... mas não tinha coragem de perguntar ao amigo economista
  E-book dos ditados populares
  Dilbert Blog (Scott Adams)
  Geek Press
  A Softer World
  Blog do Mankiw
  Publicidade Positiva
  De Gustibus Non Est Disputandum
  Temas em Economia
  xkcd
  Cracked
  Demography Matters
  Homo Econometricum
  Suspensão de Juízo
  Quatroventos
  phCastro
  Muçarela
  Todos os Links - Matizes Escondidos


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog