Matizes Escondidos

10/11/2007

Voyage

Essa foto daí de cima eu peguei no site de um famoso condomínio de alta renda da região metropolitana de BH. Geralmente essas propagandas mostram casais felizes desfrutando de suas casas bacanas (bom, isso quando não falam coisas do gênero 'pertinho do ponto do 9502', mas isso é outra história). Assim, vamos supor que essa foto seja de um casal...

Hummm... Olhem só. O casal tem uma boa diferença de idade. O homem aparenta ser um bocado mais velho que a mulher. E esse é um condomínio de alta renda. Olhem o jeito como a mulher acaria condescendentemente o seu marido. O sorriso dela puxa um pouco os cantos dos lábios, difícil acreditar que seja sincero. O homem, por sua vez, está absorvido pela leitura do jornal, sem dúvida olhando o quanto as suas ações se valorizaram na semana. Ele está certo do amor da mulher, a ponto de dar como dada a atenção da esposa. Ele se distrai com o jornal e o carinho ao mesmo tempo.

Mas reparem. A mulher está de jornal na mão e de óculos escuros. Ora, ninguém lê de óculos de escuro. O que ela está fazendo, então? Ela finge acompanhar o marido na leitura. Enquanto isso, ela pensa no Ricardo, que é o seu personal trainer. Aquilo sim é pique! Enquanto ela acaricia o marido, torce para que ele morra logo, para herdar, entre outras coisas coisas, as tais ações valorizadas. O marido, bobo, nem repara... Como dito, está certo do amor da mulher, que só espera um momento para dar o golpe.

Levando em conta que a maioria das pessoas que comprem casa e lotes no tal condomínio(creio eu) seja homem e de meia idade, essa não foi a melhor imagem para representar a vida de sonhos que o aguarda...

Foi o que eu pensei quando vi a foto.


Escrito por Philipe às 18h42
[] [envie esta mensagem] []



Será que ela vira deputada também, igual àquela outra?

No www.cracked.com, uma divertida análise de celebridades que se tornaram tribufus depois da fama.

Fiquei impressionado com a celebridade da foto abaixo. Gente, ela ficou a cara da Glória Maria (a do Fantástico). Quer descobrir quem é? Clique aqui.


Escrito por Philipe às 18h05
[] [envie esta mensagem] []


09/11/2007

Quem disse que não dá?

Há uma piadinha que é mais ou menos assim: " O que faz um economista quando vê uma nota no chão? Nada, afinal, se a nota estivesse realmente ali, alguém já teria pegado".

A graça da piada vem da chamada efficient market hypothesis. Da wikipedia:

In finance, the efficient market hypothesis (EMH) asserts that financial markets are "informationally efficient", or that prices on traded assets, e.g., stocks, bonds, or property, already reflect all known information and therefore are unbiased in the sense that they reflect the collective beliefs of all investors about future prospects.

Ontem eu estava andando pela rua, com um bocado de pressa, quando avisto algo parecendo ser uma nota de R$100. Ok, eu estava com pressa, mas alguns segundos meus certamente valem menos que R$100 (por enquanto!).

A primeira coisa que me veio à cabeça foi que há diversas financeiras por aí que imprimem propaganda em formato de cédula. Mas geralmente essas propagandas são impressas em um formato maior do que o da própria cédula. A nota que eu avistei tinha o tamanho certinho de uma cédula. Humm... Além disso, o papel estava dobrado igualzinho a como se dobra uma nota.

Decidi que valia pegar o papel. Durante 0,2 segundo, eu fiquei feliz. Sim, eu achei que tinha achado uma nota de R$100. O tamanho, a cor, o jeito de dobrar.... Bom isso até eu olhar o verso do papel e ver que sim, era uma propaganda de financeira...

No momento em que eu me abaixei, escutei uma risadinha abafada de criança atrás de mim. Aposto que algum moleque imberbe de 11 anos pegou a propaganda e dobrou de forma a parecer uma nota de verdade. Seria típico da idade.

O fato foi que daí eu levantei rindo, pensado algo como "teoria econômica 1 x 0 finanças pessoais" . Além disso, eu ainda tinha um post pro blog.


Escrito por Philipe às 16h29
[] [envie esta mensagem] []


08/11/2007

Betânicas

Mais uma do Beto, o responsável por um pico de visitas ao humilde blog ano passado.

Você pode ver as tirinhas antigas aqui, aqui, aquiaqui, aqui e aqui.

Fotolog oficial em http://picasaweb.google.com.br/betoHQ/Beto/photo#5060412591044333954


Escrito por Philipe às 12h51
[] [envie esta mensagem] []


07/11/2007

E-book na área

Hehehehe!

Depois do e-book do sushi, mais uma empreitada coletiva e divertida em que participei: Em Terra de Cego quem tem um Olho é Rei: Usando Teoria Econômica para Explicar Ditados Populares.

Ainda não li os outros artigos (além do meu), mas parecem estar muito, muito bons. Na verdade, eu sou o "intruso" na brincadeira, pois quase todo mundo que colaborou com o livro estuda (ou ensina!) economia, o que não é o meu caso.

Bom, o fato é que aceitaram minha contribuição (o que me deixa feliz).

Leia quando puder. Garanto que você vai aprender algumas coisas e ainda vai dar risada...


Escrito por Philipe às 15h54
[] [envie esta mensagem] []


06/11/2007

Sua escola tem projeto biopsicopoliticossocial?

Recebi isso no email...

Fifty Years of Math 1957 - 2007

Last week I purchased a burger at Burger King for $1.58. The counter girl took my $2 and I was digging for my change when I pulled 8 cents from my pocket and gave it to her. She stood there, holding the nickel and 3 pennies, while looking at the screen on her register. I sensed her discomfort and tried to tell her to just give me two quarters, but she hailed the manager for help. While he tried to explain the transaction to her, she stood there and cried. Why do I tell you this?

Because of the evolution in teaching math since the 1950s:

1. Teaching Math In 1950s
A logger sells a truckload of lumber for $100. His cost of production is 4/5 of the price. What is his profit?

2. Teaching Math In 1960s
A logger sells a truckload of lumber for $100 His cost of production is 4/5 of the price, or $80. What is his profit?

3. Teaching Math In 1970s
A logger sells a truckload of lumber for $100. His cost of production is $80. Did he make a profit?

4. Teaching Math In 1980s
A logger sells a truckload of lumber for $100. His cost of production is $80 and his profit is $20. Your assignment: Underline the number 20.

5. Teaching Math In 1990s
A logger cuts down a beautiful forest because he is selfish and inconsiderate and cares nothing for the habitat of animals or the preservation of our woodlands. He does this so he can make a profit of $20. What do you think of this way of making a living? Topic for class participation after
answering the question: How did the birds and squirrels feel as the logger cut down their homes? (There are no wrong answers — if you feel
like crying, it's ok)

6. Teaching Math In 2007
Un hachero vende una carretada de Madera para $100. El costo de la producciones es $80. Cuanto dinero ha hecho?


Escrito por Philipe às 06h59
[] [envie esta mensagem] []


05/11/2007

Namorada vs Amigos - Estudo Empírico

Dizem por aí que namorar acaba por afastar uma pessoa de seus amigos. Ora, parece razoável: se uma pessoa passa a namorar, irá dedicar mais tempo ao seu outro significante do que aos amigos em geral, etc.

Como forma de testar essa hipótese (que namoro implica menos interação social, definido de forma intuitiva, não rígida e não científica aqui), eu fiz a seguinte brincadeira: contei quantos scraps eu recebi no orkut durante 5 semanas antes de começar a namorar, e em 9 semanas depois de começar a namorar. Embora a amostra de cinco semanas seja pequena, achei razoável estabelcer esse corte, uma vez que incluir mais semanas antes do começo do namoro iria incluir o período em que eu estava em férias escolares. Como creio que estar em férias altere o número esperado de scraps, não achei que fosse razoável comparar período em férias com período de aulas.

Vamos aos gráficos...

No primeiro gráfico, eu coloco a média móvel (para moderar valores extremos)  do valor de scraps recebidos durante as últimas três semanas. A linha vermelha indica a primeira média em que a semana do início do namoro foi inclusa. A média de número de scraps cai bastante após a linha.

Orkut - solteiro e namorando

No segundo gráfico, eu coloco o valor absoluto de scraps recebidos por semana. A linha vermelha indica a primeira semana após o início do namoro. Tal como acima, o de número de scraps cai bastante após a linha vermelha.

Orkut - solteiro e namorando

DISCUSSÃO:

Como relatado acima, o número de scraps caiu após o início do relacionamento. Assim, e se aceitamos o número de scraps recebidos por semana no orkut como proxy de interação social, então o namoro realmente afeta tal dimensão. A evidência apresentada não refuta a hipótese de que namoro implica menos interação social.

Entretanto, o orkut é um espaço de azaração. Ora, se esse é um principal uso do orkut, é esperado que o número de scraps recebidos mude em função da alteração do status marital para não-solteiro. Assim, talvez a queda do número de scraps não signifique menos socialização necessariamente, apenas menos azaração, que, se é uma parte pequena da interação social, não chega a prejudicar essa dimensão. Claro que se azarar for uma dimensão importante da socialização, essa é reduzida em maior grau.

Além disso, é necessário apurar se a interação social que venha ser perdida com outras pessoas que não o outro significante compensa mais, menos ou exatamente o que se ganha no namoro.

O próximo passo é repetir o procedimento com outras pessoas, de preferência aquelas que tenham começado e terminado o namoro, para medir o impacto da alteração do status marital no número de scraps recebidos, a existência (ou não) de histerese, etc. 


Escrito por Philipe às 18h24
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    A garota 100% perfeita
  Tudo o que você sempre quis saber sobre a multa nos sushis que sobraram no rodízio... mas não tinha coragem de perguntar ao amigo economista
  E-book dos ditados populares
  Dilbert Blog (Scott Adams)
  Geek Press
  A Softer World
  Blog do Mankiw
  Publicidade Positiva
  De Gustibus Non Est Disputandum
  Temas em Economia
  xkcd
  Cracked
  Demography Matters
  Homo Econometricum
  Suspensão de Juízo
  Quatroventos
  phCastro
  Muçarela
  Todos os Links - Matizes Escondidos


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog