Matizes Escondidos

08/09/2007

Love, you're a whore lyrics - Regina Spektor

These lyrics are hard to find... So here you are, 'Love, You're a Whore", By Regina Spektor, as sung at Bonnaroo. I found them on YouTube, but I've made some minor changes. Enjoy!

Love You're a Whore, By Regina Spektor

Was a bright, and sweet, and hot summer day
The day I didn't love you anymore
Some little kid wound up my poor heart which had stopped
As I walked to the grocery store

All the people lingered although they didn't know
And they smiled at me as I passed
'Cause they've been there before
And they've come back again
And they always go right back for more

Love, love, love
You're a whore
You're a whore
You're a whore
Love, love, love, love
'Cause we beat you and mistreat you
But time after time
You take us back
And kiss us hard on the mouth

Oh, kiss us hard on the mouth
Yeah, yeah, yeah
Kiss us hard on the mouth
Who-oh-ore
Kiss us hard on the mouth
Yeah, yeah, yeah
Kiss us hard
Hard on the mouth

Was a bright, and sweet, and hot summer day
The day I didn't love you anymore
Couldn't see your face
Couldn't taste your taste
Couldn't hallucinate your embrace
Or the actions I'd traced

Love, love, love
You're a whore
You're a whore
You're a whore
Love, love, love, love
'Cause we bruise you and abuse you
But time after time
You take us back
And kiss us hard on the mouth

Oh, kiss us hard on the mouth
Yeah, yeah, yeah
Kiss us hard on the mouth
Who-oh-ore
Kiss us hard on the mouth
Yeah, yeah, yeah
Kiss us hard, hard on the mouth

Was a bright and sweet and hot summer day
The day I didn't love you anymore
Some little kid wound up my poor heart which had stopped
As I walked to the grocery store

All the people lingered although they didn't know
And they smiled at me as I passed
'Cause they've been there before
And they've come back again
And they always run right back for more

Love, love, love
You're a whore
You're a whore
You're a whore
Love, love, love, love
'Cause we cheat you and mistreat you
And beat you and bruise you
And use you and abuse you
And cruise you and lose you
But time after time
You take us back into your bed and
Kiss us
Harder
Hard on the mouth
Kiss us harder
Harder
Hard on the mouth
Kiss us hard, ha, hard, ha, harder on the mouth
Kiss us hard on the mouth
Yeah, yeah, yeah
Kiss us hard on the mouth
Who-oh-ore
Kiss us hard on the mouth
Yeah, yeah, yeah

Kiss us hard
Hard
Hard
On the mouth


Escrito por Philipe às 08h08
[] [envie esta mensagem] []


07/09/2007

Cuidado com o pensamento na hora de almoçar

Vocês conhecem um estudo clássico sobre autocontrole, que envolve crianças e marshmallows?

Um resuminho (a página original não existe mais):

Around 1970, psychologist Walter Mischel launched a classic experiment. He left a succession of 4-year-olds in a room with a bell and a marshmallow. If they rang the bell, he would come back and they could eat the marshmallow. If, however, they didn’t ring the bell and waited for him to come back on his own, they could then have two marshmallows.

In videos of the experiment, you can see the children squirming, kicking, hiding their eyes — desperately trying to exercise self-control so they can wait and get two marshmallows. Their performance varied widely. Some broke down and rang the bell within a minute. Others lasted 15 minutes.

The children who waited longer went on to get higher SAT scores. They got into better colleges and had, on average, better adult outcomes.

E daqui:

Preschoolers who demonstrated high levels of self-control at age 4 did significantly better in high school. In comparison with their impulsive counterparts, the self-control students achieved higher levels of academic success, scored 200 points higher on their SATs and were rated higher on social competence and dependability.

Ou seja, o autocontrole a capacidade de adiar satisfação se encontram positivamente associados ao sucesso pessoal.

Hoje no almoço eu fui provocado e me pus a pensar: será que quem come primeiro, numa refeição, o que é 'comum' (arroz e feijão, por exemplo), antes do que é 'gostoso' (como carne ou batata frita) apresenta um nível mais alto de autocontrole? E, caso sim, estaria esse autocontrole associado ao sucesso pessoal?

Seria a capacidade de deixar aquele torresminho para o fim um caminho para Eldorado?


Escrito por Philipe às 18h37
[] [envie esta mensagem] []


05/09/2007

Hugo Chaves

Rararará!

You gotta love orkut... Hahahahaha!

O detalhe é o plantão do camarada: 23h.


Escrito por Philipe às 22h16
[] [envie esta mensagem] []


04/09/2007

How cute!

Dica:

TheCutest.info, TheFairest.info, and TheFunniest.info are a trio of side projects to the webcomic xkcd. They host contests where people vote to select the best choice from a large pool of user-submitted options.

Basicamente, sites onde você pode escolher entre duas fotos aquela que é a mais engraçada, bonita ou bonitinha. Ah, é do mesmo criador do xkcd.

Vale a pena dar uma olhada...

TheCutest

TheFairest

TheFunniest


Escrito por Philipe às 17h37
[] [envie esta mensagem] []



CCCP

Numa aula dia desses, surgiu uma pergunta:

"Professor, por que o o coeficente tal (e não tau, seu maníaco por letras gregas) varia somente no intervalo dado?"

"É que, se você reparar na função, esse é o único intervalo em que a soma do valor dos produtos finais é maior do que o valor das matérias primas. Ninguém em sã consciência usaria, por exemplo, mil reais de aço para gerar oitocentos reais de arame, não é mesmo?"

Você achou que só a finada URSS tinha seus meios de agregar valor negativo à produção, mas estava enganado!

A sua tia Dória também é campeã nisso. Aliás, uso 'tia Dória' em sentido lato, como um arquétipo. Você já vai entender.

Um dia, tia Dória (que, repitamos, é um arquétipo) resolve fazer um bolo de chocolate. Para simplificar, vamos dizer que ela vai usar o equivalente a cinco reais de chocolate e cinco reais de biscoitos para fazer o bolo. Somando-se tudo, temos que o bolo custará dez reais.

Nesse momento, o Philipe começa a pensar: "Bom, eu ficaria muito feliz só de comer, junto com os outros primos, o chocolate e os biscoitos usados para fazer o tal bolo".

Aí tia Dória começa a fazer a massa, colocar na forma, etc. O resultado? Um bolo que vale, digamos, oito reais. Menos do que o valor do chocolate e dos biscoitos utilizados.

Nesse momento Philipe começa a se mortificar e a pensar: "Pois é, todo mundo teria ficado mais feliz se, em vez de cozinhar, ela simplesmente desse o chocolate e os biscoitos para a gente. O bolo nem é tão bom assim."

O fato é que, no exemplo, temos a transformação de dez reais de insumos em um produto que vale apenas oito reais.

O exemplo é grosseiro, mas já passei muitas vezes por coisa semelhante. E, como criança, era complicado ficar aguado com chocolate para comer um bolo mais ou menos depois.

Interessante, geralmente essas receitas "sumidouro de valor" incluem chocolate. Aparentemente, chocolate é uma coisa muito boa de se comer puro, mas que perde o valor quando misturada a outras coisas.

Talvez a explicação de porque tal prática ocorre passa pelo fato de que tia Dória fica muito feliz em cozinhar para os sobrinhos. Se ela deriva do ato satisfação que vale, digamos, quatro reais, o bem estar social aumenta.

Agora, vá explicar isso para a meninada...


Uma coisa boa de se crescer é ter autonomia: está com vontade de comer chocolate? Vai lá e compre. Acredite, tratei uns 90% dos meus traumas de infância assim.

Principalmente o de comer laranja.

Mas isso fica para outro dia.


Escrito por Philipe às 17h03
[] [envie esta mensagem] []


03/09/2007

INTJ

Cena 1:

- Hear the groans of the long dead seamen, see them stir and they start to rise...

- Philipe, você é maluco? Ficar falando sozinho...

- Eu não estou falando sozinho, estou cantando baixinho.

- ???


Cena 2:

- Nossa, Igor, eles poderiam fazer bibsfiha só de massa, sem recheio. A massa é leve, mas marcante.

- Philipe, isso não iria ter vendagem nenhuma.

- Eu compraria!

- Eu também, mas ninguém mais iria comprar.

- Por quê?

- Ninguém é tão autista quanto a gente.


Escrito por Philipe às 21h33
[] [envie esta mensagem] []


02/09/2007

Advogando em causa própria

Opa! Como é que um homem cria uma comunidade 'Loucas por pochetes (gordinhos)' ? Me parece advogar em causa própria!...

Vou criar uma comunidade também... 'Toda mulher curte um Philipe'. Bom, na verdade, já existe essa comunidade.

E o nome do dono? Philipe.

Mas espera, é Philipe Marques, que é a minha graça também.

 Impressionante.


Escrito por Philipe às 11h25
[] [envie esta mensagem] []



Timing


Escrito por Philipe às 11h13
[] [envie esta mensagem] []



Associação Livre

O blog De Gustibus Non Est Dispuntandum está de casa nova, em http://gustibusgustibus.wordpress.com

Que inveja, o wordpress tem permalinks... O UOL Blog tem uma gambiarra que eles chamam de permalink... mas não é.

 


 

Nossa, falar '...mas não é.' me lembrou de um caso...

Até a faculdade, eu sempre estudei em colégios confessionais (religiosos). Isso porque eles eram melhores que os demais, não por causa de um alinhamento religioso pessoal ou familiar.

Pois bem, na minha quinta série tínhamos 'aulas de religião'...

Confesso que foram úteis, conheci um pouco da Bíblia assim, o que me ajuda a entender algumas referências da cultura mainstream, intertextualidades, etc.

O fato é que numa dessas aulas, diante da classe, o professor perguntou alguma coisa (não me lembro o que), cuja resposta certa era 'Moisés'.

Eu respondi 'Maomé'.

O pastor então retrucou: "Não... Maomé inventou uma religião que muita gente por aí segue... embora não devessem".

Eu não conhecia nada sobre pós-modernismo ou jihadismo, mas achei muita arrogância por parte do professor!

Mas o que ele gostava mesmo era de jogar bola com a gente, o que, confesso, era bem divertido.


Escrito por Philipe às 09h13
[] [envie esta mensagem] []



To read the news

Esta reportagem no UOL tinha um título tão hermético que me obrigou a abri-la, por curiosidade de saber do que se tratava... Confesso que pensei uns 15 segundos sobre o que se tratava e não consegui deduzir!

O título era 'Escola baiana defende metas santista e corintiana no clássico'.


Mas título que me chamou a atenção mesmo esses dias foi este aqui: Pet camel kills Australian woman while trying to have sex, no International Herald Tribune.

Trizarro!


Escrito por Philipe às 09h03
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    A garota 100% perfeita
  Tudo o que você sempre quis saber sobre a multa nos sushis que sobraram no rodízio... mas não tinha coragem de perguntar ao amigo economista
  E-book dos ditados populares
  Dilbert Blog (Scott Adams)
  Geek Press
  A Softer World
  Blog do Mankiw
  Publicidade Positiva
  De Gustibus Non Est Disputandum
  Temas em Economia
  xkcd
  Cracked
  Demography Matters
  Homo Econometricum
  Suspensão de Juízo
  Quatroventos
  phCastro
  Muçarela
  Todos os Links - Matizes Escondidos


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog