Matizes Escondidos

04/11/2006

Anjos

Engel - Rammstein

E eu achava que era o único a pensar assim...

Anjo - Rammstein

Quem viver bem na Terra
Se tornará um anjo após a morte
Você olha para o céu e se pergunta
Porque não pode vê-los

Só depois que as nuvens já deitaram
É que você pode nos ver no céu
Estamos sozinhos e com medo...

...Deus sabe que eu não quero ser um anjo

Eles vivem atrás da luz do sol
Separados de nós, infinitamente longe
Eles devem se segurar nas estrelas (com força)
Para que não caiam de lá do céu

Só depois que as nuvens já deitaram
É que você pode nos ver no céu
Estamos sozinhos e com medo...

...Deus sabe que eu não quero ser um anjo

...Deus sabe que eu não quero ser um anjo

...Deus sabe que eu não quero ser um anjo

Engel

Wer zu Lebzeit gut auf Erden
wird nach dem Tod ein Engel werden
den Blick gen Himmel fragst du dann
warum man sie nicht sehen kann

Erst wenn die Wolken schlafengehn
kann man uns am Himmel sehn
wir haben Angst und sind allein

Gott weiß ich will kein Engel sein

Sie leben hinterm Sonnenschein
getrennt von uns unendlich weit
sie müssen sich an Sterne krallen (ganz fest)
damit sie nicht vom Himmel fallen

Erst wenn die Wolken schlafengehn
kann man uns am Himmel sehn
wir haben Angst und sind allein

Gott weiß ich will kein Engel sein

Erst wenn die Wolken schlafengehn
kann man uns am Himmel sehn
wir haben Angst und sind allein

Gott weiß ich will kein Engel sein

 


Escrito por Philipe às 16h40
[] [envie esta mensagem] []


03/11/2006

Cinco sentidos




Hoje eu estava lendo a caixa de um enxaguatório bucal (medicamento mesmo, não é desses de supermercado) quando eu topei com algo que chamou minha atenção: "Pode ocorrer perda do paladar que, na maioria das vezes, retorna após a interrupção do uso do produto."

Perda do paladar que na maioria das vezes retorna? MAIORIA? E nas outras vezes?

Imagine só o menino chegando para a mãe:

-Manhê! Perdi o paladar!

Eu conheço uma mulher sem olfato. Mas sem paladar deve ser ainda pior.


Escrito por Philipe às 14h27
[] [envie esta mensagem] []


02/11/2006

Ocaso

 Sinceramente, tem coisa mais triste que aqueles velhinhos que vendem algodão doce?

Aquele mastro pesado onde ficam espetados os doces, que, aliás, devem dar um retorno tão baixo, ainda que o doce seja apenas um pouco de açúcar... O vendedor oferecendo para as pessoas, que nunca compram... A rua compriiiiida para andar... O contraste entre o velho vendedor e as crianças, novas e despreocupadas...

E o sininho... O sininho soando... Tão triste...

 


Escrito por Philipe às 15h39
[] [envie esta mensagem] []


01/11/2006

Coala

Na minha opinião, essa é uma das comunidades mais engraçadas do orkut: Eu odeio dar banho no meu koala! www.orkut.com/Community.aspx?cmm=4081095

Cê fraga quando cê tipo tem que dar banho no seu koala aí tipo você por distraçao deixa o chuveiro ligado no modo "Abelha" ao invés do modo "Água", aí sai um enxame de dentro dele e começa a picar freneticamente sua touca de banho e num ultimo ato de desespero na luta por sua sobrevivencia voce se lembra do seriado do Maguyver quando ele ensina que semên de koala eh anti-inflamatorio aih c eh obrigado a fazer sexo oral no seu koala pra se manter vivo e talz? pois eh, ce nao odeia quando isso acontece? eu tb!

Hahahahaha!

Ei, por que você não está rindo?


Escrito por Philipe às 17h37
[] [envie esta mensagem] []


31/10/2006

MBTI

Independente e individualista. Tem muita perspicácia e visão. Hábil em criar teorias e métodos. Estimula a si mesmo e aos outros para alcançar seus objetivos e autodesenvolvimento. Engenhoso e criativo ao resolver problemas. Organizado, determinado e líder confiável. Responsável, reservado e discreto.

Quando está atuando em áreas de seu interesse possui excelente força para organizar uma tarefa e concluí-la sem auxílio. Geralmente tem idéias originais e grande motivação para concretizá-las. É cético e crítico.

Um teste psicológico interessante que descobri já faz um tempo é o chamado MBTI. Ele tenta captar quatro dimensões da personalidade humana:

1. De onde você deriva energia (internamente ou externamente);

2. Como você percebe a realidade (intuitivamente ou sensorialmente);

3. Qual sua função primária de tomada de decisão (emoção ou razão);

4. Como você prefere levar o cotidiano (de maneira mais estruturada ou mais espontânea).

Como são quatro categorias com duas opções cada, resultam daí 16 combinações básicas.

O teste não é lá muuuito científico, mas é bem divertido. Ele é utilizado em testes de emprego, para ver se o seu perfil é adequado ao da vaga. Mas não só por isso.

Pessoalmente, acho que entender a dinâmica proposta pelo teste para explicar alguns dos funcionamentos básicos da mente já me ajudou a perceber o mundo com mais clareza. Especialmente, aprendi que tenho muita facilidade em me comunicar com pessoas "intuitivas" (xNxx), na lógica do teste. Essas pessoas são, para mim, as mais interessantes, em geral. E mulheres (xNFx) são, para mim, irresistíveis (desde que não sejam melosas demais, claro!)

Para o teste em inglês, tente http://tap3x.net/indicators/5level2b.html ou http://www.humanmetrics.com/cgi-win/JTypes2.asp.

Ok, nada muito científico. Mas é muito divertido, pessoalmente já me ajudou muito.


Escrito por Philipe às 19h29
[] [envie esta mensagem] []


30/10/2006

Welfare state

Agora que a eleição acabou, as pessoas vão brigar menos, as amizades vão se reestabelecer, a vida volta ao normal...

É difícil encontrar uma discussão razoável sobre religião/política/futebol que não descambe para baixaria... De debate, passa-se a um "se bate".

Um outro tópico acalorado é a forma do Estado ideal (intrinsecamente ligado ao debate político). Dos defensores do estado total aos anarco-capitalistas, esse é um tema sobre o qual quase todos têm uma opinião forte.

Welfare Scum

Bom, de qualquer maneira, um bom debate é aquele bem informado (na minha humilde opinião). Sobre o debate sobre a concepção de Estado, achei um artigo superinteressante sobre o Welfare State escandinavo. O artigo é pequeno, claro e relevante. Não morram sem ler!!! http://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=897746


Abstract:     

Using the economic freedom index and the newly developed KOF-index of globalization, it is shown that the Scandinavian welfare states have experienced faster, bigger and more consistent increases in these areas, compared to the smaller Central-European and the Anglo-Saxon welfare states. The market economy and globalization hence do not pose threats to these welfare states, but are instead neglected factors in explaining their survival and good economic performance. Big government decreases the economic freedom index by definition, but the welfare states compensate in other areas, such as legal structure and secure property rights. 


Escrito por Philipe às 19h03
[] [envie esta mensagem] []


29/10/2006

Sobre como conheci Francisco

Como dito abaixo, a vida é um sistema complexo.

Como é chavão dizer, num sistemas desses, uma pequena alteração em algum parâmetro pode ter resultados notáveis.

Foi numa dessas que eu conheci a banda Franz Ferdinand.

Uma menina entrou "do nada" no meu orkut. Deve ser porque eu estava com uma foto legal. Quando eu coloco uma foto legal, o número de pessoas desconhecidas que entram no meu profile cresce bastante. Aliás, adoro quando pessoas desconhecidas entram no meu profile.

Retribuindo a visita, eu fui dar uma conferida no profile dela. Fiquei surpreso com o bom gosto e a inteligência da guria. Ah, e com a misatropia também. Sério.

Dito e feito. Hoje, Franz é uma das minhas bandas preferidas. Se eu tivesse ficado sabendo dessa banda em outras circunstâncias, em especial considerando o quanto eu sou "cabreiro" em escutar coisas muito novas, provavelmente não teria gostado.

Eu achei que valia a pena contar essa história para a menina que entrou no meu orkut. O scrap que eu mandei para ela:

"Ei!

Eu comecei a escutar Franz Ferdinand por sua causa, sabia?

Uma vez você "visitou" (foi você quem começou!) o meu profile e eu fui retribuir a visita...

Claro que dei uma olhada nas suas comunidades. Fiquei impressionado com o (peculiar) bom gosto. Foi então então que vi sobre Franz Ferdinand. Não conhecia, mas pensei: "bom, se está aqui, deve ser bom". Fui conferir.

Então eu baixei uma música só por curiosidade e acabei gostando. Comprei os cds, o dvd, etc.

Muito bom...

Nota: Antes que você responda "e daí?" - eu não a conheço e pelo profile do orkut acho que o estilo é bruto e a misantropia é galopante. Mas achei que valia a pena contar a história assim mesmo. =D Orkut proporciona experiências assaz peculiares. "

Ao que ela respondeu:

"genteeeeeeee, eu nunca fiquei tão absurdamente pasmada ao ler um scrap!!! hahaha bom, primeiro: fiquei feliz da vida em saber da minha desconhecida capacidade de influenciar pessoas! adorei vc ter conhecido Franz Ferdinand (pq realmente tds as pessoas merecem conhecer) e por vc ter conhecido Franz Ferdinand por minha causa! É quase de cair pra trás! Logo eu, um mero número na imensidão de profiles banais deste, não menos banal, orkut! E ah! de alguma forma vc tb me influenciou, entre em duas das suas comunidades: vc quer que eu morra? e eu leio tabelas nutricionais. haha

então é isso. bjos e boa sorte nas próximas aventuras orkutianas! =)"

Achei que valia pena contar isso para vocês. E escutem Franz!!!


Escrito por Philipe às 07h54
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    A garota 100% perfeita
  Tudo o que você sempre quis saber sobre a multa nos sushis que sobraram no rodízio... mas não tinha coragem de perguntar ao amigo economista
  E-book dos ditados populares
  Dilbert Blog (Scott Adams)
  Geek Press
  A Softer World
  Blog do Mankiw
  Publicidade Positiva
  De Gustibus Non Est Disputandum
  Temas em Economia
  xkcd
  Cracked
  Demography Matters
  Homo Econometricum
  Suspensão de Juízo
  Quatroventos
  phCastro
  Muçarela
  Todos os Links - Matizes Escondidos


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog