Matizes Escondidos

21/10/2006

Dom negro?

Do  falecido Empiric Logic:

"It appears that most people have never really questioned their opinions, or values. They think that the norm offered by media, the "common opinion", is correct and thus unquestionable. What they unfortunately fail to realise is that this common opinion is a combination of many differing views, most of which are too shallow to stand the light of day in the first place. A world view like this is impossible to defend in an argument.

I suppose this is not necessarily a weakness. It is easier to just close one's eyes and refuse to see beyond the narrow confines of everyday life. After all there are no immediate benefits in the opposite alternative. In fact, I believe that those who choose to pursue wisdom ultimately do so because they simply can't live with themselves if they don't. Wisdom is as much a curse as a blessing, which is why I call it "the dark gift"."

Dom negro... Não concordo muito com essa afirmação, mas achei que valia a pena citar aqui.

Nem sequer tenho a pretensão de dizer possuí-lo. Mas é tudo muito instigante. Aliás, o Empiric Logic merece uma visita de vocês.


Escrito por Philipe às 10h11
[] [envie esta mensagem] []


20/10/2006

Materialismo Dietético

Saquem só que poema massa (eu lírico feminino):

Dorothy Parker: "One Perfect Rose"

A single flow'r he sent me, since we met.
All tenderly his messenger he chose;
Deep-hearted, pure, with scented dew still wet--
One perfect rose.

I knew the language of the floweret;
"My fragile leaves," it said, "his heart enclose."
Love long has taken for his amulet
One perfect rose.

Why is it no one ever sent me yet
One perfect limousine, do you suppose?
Ah no, it's always just my luck to get
One perfect rose.

Excelente!


Escrito por Philipe às 06h59
[] [envie esta mensagem] []


19/10/2006

Nem me falem de Galbraith

Olhem que legal:

An advertisement for a job recruiting company in Berlin, Germany. Depicting people working in the vending machines, ATMs, it delivers the message that 'Life is too short for the wrong job'. A vida é curta demais para o emprego errado, diz a propaganda.

De http://www.hemmy.net/2006/10/15/creative-advertisements-around-the-world/


Escrito por Philipe às 13h26
[] [envie esta mensagem] []



FF

''I charm you and tell you of the boys I hate
all the girls I hate
all the words I hate
all the clothes I hate
how i'll never be anything I hate
you smile, mention something that you like
how you'd have a happy life if you did the things you like''

Ohhh... Excelente.


Escrito por Philipe às 13h24
[] [envie esta mensagem] []


18/10/2006

Cada um sabe da sua!

Ontem eu vi uma mulher com uma tatuagem "Eu Y Zeca Pagodinho" na linha dos ombros.

Sério.

Zeca Pagodinho.

Tatuado.

Isso foi perto do Shopping Cidade. Era uma mulher loura, devia ter uns 45 anos. Parecia ser de classe média baixa.

Eu não critico ninguém por suas opções, caso elas não me atrapalhem. Acho que todos deveriam ser assim. Teríamos menos guerras ("Oh, o deus deles é um falso deus!")e menos pregadores religiosos ("temos que salvá-lo do enxofre!").

Aliás, fico até feliz que ela goste de Zeca Pagodinho a ponto de tatuar seu nome nas costas.

Só achei que valia a pena comentar isso aqui.


Escrito por Philipe às 18h28
[] [envie esta mensagem] []


17/10/2006

Re-post

Alguém já reparou que os orelhões da Telemar/Oi às vezes têm um selinho "Higienizado em" e depois segue uma data?

Pois é, ontem eu vi um cara higienizando um orelhão...

Puxa, orelhão deve ser superimundo, um monte de gente passa a mão, espalha perdigotos ("chuva de secreções"), além de ficar exposto à poluição e tal...

E, para higienizar, um paninho com detergente. Paninho. Detergente. Um pouquinho de detergente.

Poxa, detergente foi feito para tirar gordura, não para desinfetar. Está certo que mesmo assim o detergente dá uma limpeza razoável. Mas para telefones públicos eu acho que o pessoal devia dar um caprichada, tipo passar um desinfetante.

Alguém poderia fazer um estudo de cultura de bactérias em telefones públicos, ia ser interessante e relevante para a saúde pública, mitigação do efeito estufa e salvação da galáxia.

Puxa, bela higienização.

Por isso, fica meu alerta: nada de lamber telefones públicos, ok?

Telefone Antigo


Escrito por Philipe às 07h33
[] [envie esta mensagem] []


16/10/2006

Chuá!

Torneiras imprevisíveis são um problema. Algumas pedem que você abra tudo para que saia só um pouquinho. Um pouquinho.

Outras fazem as Cataratas do Iguaçu ficarem pálidas de vergonha abrindo só um pouquinho.

E tem as piores de todas: as torneiras traiçoeiras. Resposta não-linear. Elas aguardam para lhe dar um banho. Você começa a abrir e nada... Abre mais e nada... De repente... Chuá! Você está todo molhado. Ela abriu de uma vez quando você menos esperava. Ela sabia que você não estava prestando atenção. Foi então que ela aproveitou para lhe pregar uma peça.

Isso me veio à cabeça outro dia, pós o enésimo banho numa torneira não-linear da faculdade.

 Turma do Chuá! Quem é do XIV entendeu!


Escrito por Philipe às 20h26
[] [envie esta mensagem] []


15/10/2006

Tosco chic

Os Idiotas Mesmo

 Uma excelente pedida para a noite de segunda: o cineclube Curta Circuito vai apresentar dia 16 a programação Toscographics, do excelente Allan Sieber, que assina a tira Preto no Branco da Folha de São Paulo de domingo. O cara é muuuuito fera. Se alguém animar de ir, podem se preparar para se contorcer de rir. É sem erro. Cine Humberto Mauro, Palácio das Artes, 19:00. Entrada franca.

 

Do www.curtaminas.com.br

No mês de outubro, a sessão Panoramas apresenta um recorte da trajetória de uma das mais divertidas, ousadas e polêmicas produtoras brasileiras: a Toscographics. O tosco, aqui, refere-se tanto aos métodos de animação digital “pouco sofisticados” usados por Allan Sieber, diretor e roteirista dos projetos da produtora, quanto às temáticas e personagens um tanto “grosseiros” que desfilam em seus trabalhos. Contando ainda com a produção de Denise Garcia e com inúmeros colaboradores de peso (Matias Maxx, Fabio Zimbres, Paulo César Pereio, entre outros) a produtora construiu uma trajetória bastante atípica, marcada, sobretudo, pelo deboche e pela sátira às estruturas moralistas e alienantes do país.

Deus é Pai | RJ, 2000, 2'
Curta praticamente é responsável pelo nascimento da Toscographics. A primeira produção para o cinema feita seguindo os preceitos do DOGMA 1,99, manifesto lançado em 1999 e concebido por Allan Sieber e Fabio Zimbres.

Negão Bolaoito Talkshow | RJ, 2000, 2'
Piloto de uma série com o Negão Bolaoito, personagem saído da tira Bifaland publicada no jornal O Estado de S. Paulo durante 1996 e 1997.

Os Idiotas Mesmo | RJ, 2000, 12'
O Dogma 1,99 levado ás últimas conseqüências. Reuniões intermináveis de publicitários em busca do comercial perfeito.

Jonas | RJ, 2000, 15'
Primeiro curta em “imagem real” dirigido por Allan Sieber e produzido por Denise Garcia. Filmado em dois dias em um velho sobrado da Lapa, Rio de Janeiro, o curta conta com a fotografia de Leandro HBL. Filme premiado no 31º Festival de Gramado.

Onde andará Petrúcio Felker? | RJ, 2001, 13'
Nesse documentário em animação, a vida do atormentado artista Petrucio Felker é lembrada através de depoimentos de familiares, amigos e antigos desafetos. Cenários do mestre Jaca.

Deus é Pai


Escrito por Philipe às 16h09
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    A garota 100% perfeita
  Tudo o que você sempre quis saber sobre a multa nos sushis que sobraram no rodízio... mas não tinha coragem de perguntar ao amigo economista
  E-book dos ditados populares
  Dilbert Blog (Scott Adams)
  Geek Press
  A Softer World
  Blog do Mankiw
  Publicidade Positiva
  De Gustibus Non Est Disputandum
  Temas em Economia
  xkcd
  Cracked
  Demography Matters
  Homo Econometricum
  Suspensão de Juízo
  Quatroventos
  phCastro
  Muçarela
  Todos os Links - Matizes Escondidos


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog